• Odontologia Estética

    Odontologia Estética

    No Brasil, a Odontologia Estética teve inicio em 1994, quando inúmeros profissionais começaram a se dedicar a este ofício. Ela atua integrada a diversas áreas da odontologia no intuito de melhorar a saúde e estética bucal ao mesmo tempo.

    Uma pesquisa feita pelo Departamento de Estudos Mercadológicos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) mostrou que 96% das pessoas das classes A, B, C e D acreditam que a aparência dos dentes é imprescindível na apresentação pessoal.

    Hoje existem diversas técnicas que melhoram a estética bucal e permitem um sorriso mais harmônico, principalmente no que diz respeito à forma, posição e cor dos dentes. Dentre elas, as principais são:

    • Clareamento dental;
    • Lentes de contato dentais;
    • Facetas;
    • Implantes;
    • Aparelhos ortodônticos.

    Devido ao fato de a mídia veicular insistentemente que beleza é sinônimo de saúde e sucesso, as pessoas vêm aumentando o grau de exigência com relação aos profissionais da área da saúde. Por isso, também os tratamentos dentários corretivos e de reabilitação estão sendo aperfeiçoados visando atender a altura às expectativas deste pacientes.

    No caso de mulheres em período de gestação é aconselhável que tratamentos estéticos como o clareamento seja adiado para após o parto. Isso acontece devido fato de o clareamento a laser e o caseiro, serem a base de substâncias ativas, chamadas de peróxidos, responsáveis por provocar um processo oxidante nos dentes. Essa oxidação é prejudicial às células e aos tecidos, porém não há comprovação de que fazem mal ao desenvolvimento do bebê. Pela falta de informação concreta, a melhor opção é adiar o clareamento, por medidas de segurança.

    Veja abaixo algumas dicas que ajudarão manter o seu sorriso branco por mais tempo:

    • Evite alimentos com excesso de coloração, pois o seu consumo pode causar manchas nos dentes. Os principais alimentos a serem evitados são: café, chá, açaí, beterraba, vinho tinto, molho shoyo, catchup, suco de uva e refrigerante.
    • Manter uma boa higiene bucal.
    • Evite fumar.
    • Visite regularmente o dentista.

     

    Referência:
    http://qualidadeemsaude.com.br

    Veja mais em nossa página no facebook »

     

    VEJA AGORA ›
  • Implantes Dentários

    Implantes Dentários

    Implantes dentários são suportes ou estruturas de metal (normalmente de titânio) posicionadas cirurgicamente no osso maxilar abaixo da gengiva, para substituir as raízes dentárias. Uma vez colocados, permitem ao dentista montar dentes substitutos sobre eles.

    Por serem integrados ao osso, os implantes oferecem um suporte estável para os dentes artificiais. Próteses parciais e totais montadas sobre implantes não escorregarão nem mudarão de posição na boca, um grande benefício durante a alimentação e fala.

    A operação não é dolorida. O dentista realiza todo o procedimento com anestesia e muita delicadeza. Em 24 horas, paciente já estará liberado para trabalhar.

    Quem NÃO pode ter um implante dentário?

    • Fumantes em excesso;
    • Diabéticos que não seguem as orientações médicas;
    • Quem está em tratamento contra o câncer;
    • Pessoas com hepatite;
    • Quem sofre de osteoporose.

     

    Tipos de implantes dentários:

    • Implantes ósseo integrado: são implantados por meio cirúrgico diretamente no osso maxilar.
    • Prótese Protocolo: Prótese total implantosuportada e implantoretida, fixada sobre 4 a 8 implantes em média, este tipo de prótese é parafusada e retirada apenas pelo seu dentista.
    • Prótese Overdenture: Prótese total removível sobre implante, este tipo de prótese é mais barata que a prótese protocolo porque exige menos implantes (2 a 6 em média) e é confeccionada em resina.

     

    Antes da cirurgia são solicitados os seguintes exames:

    • Clínicos;
    • De Imagem;
    • Tomografia Computadorizada;
    • Radiografia Panorâmica.

     

    Além disso, siga rigorosamente as orientações do seu dentista e tome o antibiótico e anti-inflamatório receitado.

    Recomendações para o pós-operatório:

    • Ingerir todas as medicações nos horários corretos prescritos pelo dentista;
    • Fazer o repouso pelo tempo que for determinado;
    • Não se expor ao Sol durante a recuperação cirúrgica;
    • Evitar alimentos quentes e duros nos primeiros dias;
    • Colocar gelo no local externo pelas 48 horas seguintes à cirurgia;
    • Não fazer esforço físico pelo período indicado pelo seu dentista;
    • Entrar em contato com o seu dentista caso haja sangramento ou dores.

     

    Referência:
    http://qualidadeemsaude.com.br

    Veja mais em nossa página no facebook »

     

    VEJA AGORA ›
  • Ortodontia

    aparelho ortodôntico

    A Ortodontia é a especialidade da Odontologia que estuda o crescimento e desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento das dentições, decídua (de leite), mista e permanente e seus desvios de normalidade, prevenindo, interceptando e corrigindo as más oclusões.

    “Acreditamos que é fundamental ouvir nossos pacientes. Depoimentos de pessoas que pouco a pouco deixaram de frequentar ambientes públicos e reuniões sociais são recorrentes. Não importa a idade! O medo de sorrir deixa-as retraídas, fazendo com que percam o estímulo a novos relacionamentos, ou oportunidades de crescimento profissional.” Dr. Ricardo Carrascosa – Ortodontista.

    Hoje com o avanço da tecnologia, tratamentos podem ser feitos independentemente da idade do paciente, crianças, adolescentes, adultos ou pacientes da melhor idade, podem se beneficiar com a Ortodontia.

    Uma das principais funções do tratamento Ortodôntico é restabelecer a oclusão dentária (perfeito engrenamento dos dentes superiores e inferiores), que é um dos fatores fundamentais para a correta mastigação, para uma boa nutrição, para a saúde sistêmica e bucal do paciente.

    Os dentes mal posicionados dificultam a higienização, favorecendo o acúmulo de tártaro e conseqüentemente problemas gengivais, favorecem também o aparecimento de cáries e o desenvolvimento de funções e hábitos errados tanto mastigatórios como fonéticos. Podemos salientar também a sobrecarga da musculatura da mastigação, podendo levar a dores de cabeça e problemas de articulação tempororriandibular – ATM.

    Como ter um sorriso mais harmônico, uma boca mais saudável, uma aparência mais agradável e conseqüentemente uma melhor qualidade de vida?

    Além do aparelho ortodôntico convencional, existem outros tipos mais modernos, como por exemplo:

    Aparelho Lingual

    Para casos de pacientes que exigem a máxima discrição. Sua função é idêntica ao do aparelho convencional, mas a grande diferença é a de que ao invés do aparelho ficar na frente dos dentes, ele é fixado na parte de trás, ficando escondido.

    Sistema Invisalign

    Consiste em uma seqüência de alinhadores transparentes e removíveis, feitos sob medida para cada paciente, extremamente discretos, que reposicionam os dentes e devolvem o sorriso que o paciente deseja.

    Aparelho Auto Ligado

    É o aparelho ortodôntico mais moderno hoje em dia. Os brackets e arcos são feitos de materiais especiais (arcos esses com tecnologia desenvolvida pela NASA, sim, a mesma NASA dos programas espaciais!). O diferencial deste tratamento se dá ao fato dele acontecer de uma forma mais biológica, mais suave, pois os arcos do aparelho utilizam uma força muito pequena para a movimentação dos dentes.

     

    Referência:
    http://qualidadeemsaude.com.br

    Veja mais em nossa página no facebook »

     

    VEJA AGORA ›
  • Odontopediatria

    odontopediatria

    A odontopediatria é o ramo da odontologia que cuida da saúde bucal das crianças. Hoje sabemos que o grande medo que as pessoas têm de enfrentar a cadeira do dentista é devido às experiências negativas que tiveram quando crianças. Por esse motivo, o trabalho do odontopediatra é tão importante.

    São eles os responsáveis pela higiene não só das crianças que já tem dentinhos, mas também dos bebês e das gestantes. Aliás, as mães devem procurar esses profissionais ainda durante a gravidez.

    De acordo com o relatório Oral Health in America, muitas mães desconhecem a relação que existe entre saúde bucal precária e desfechos adversos na gravidez. As alterações hormonais e também as mudanças nos hábitos alimentares, próprias desse período, podem afetar a saúde bucal da mulher grávida e possibilitar o desenvolvimento de infecções bacterianas periodontais e dentárias. Os cuidados que devem ser tomados pelas mamães, ajudam a prevenir várias doenças que podem ser transmitidas para o feto através da corrente sanguínea e do líquido amniótico.

    Caso a gestante apresente doenças bucais (gengivite, cárie ou quadros infecciosos), estas devem ser tratadas imediatamente. Mantenha durante todo o período gestacional, a adequada higiene bucal, dieta balanceada, uso de creme dental com flúor e visitas regulares ao dentista.

    Após o nascimento do bebê, a mãe deve alimentá-lo com o leite materno, pois este funciona como uma vacina, protegendo o bebê de várias doenças. É o alimento mais completo e natural e nenhum outro o substitui. Além disso, o aleitamento materno estimula o bebê a respirar pelo nariz e também exercita toda a musculatura envolvida neste ato, resultando em um crescimento harmônico de toda a face. Em contrapartida, o crescimento inadequado dos ossos por falta desse estímulo, afeta funções importantes, como a mastigação, deglutição, fonação e respiração.

    A odontopediatria, portanto, oferece aos pais a possibilidade de tratar de forma muito mais eficaz a saúde bucal de seus filhos, proporcionando um crescimento saudável e com qualidade de vida.

     

    Referência:
    http://qualidadeemsaude.com.br

    http://guiadobebe.uol.com.br

    Veja mais em nossa página no facebook »

     

    VEJA AGORA ›
  • Clínica Geral

    clínico geral, dentisa, clínica geral, especialista

    O dentista clínico geral é o profissional apto a realizar todos os tipos de tratamentos dentários. Ele vê o paciente como um todo, verificando inclusive sua saúde geral, pois muitas doenças do corpo tem manifestações bucais.

    Os profissionais com formação geral são treinados para fazer todo tipo de tratamento e podem, se for preciso, indicar um dos especialistas:

    • Odontopediatra;
    • Endodontista;
    • Protesista;
    • Patologista bucal;
    • Cirurgião bucal/maxilofacial;
    • Ortodontista;
    • Periodontista.

    Caso você sinta dor de dente, procure imediatamente por um dentista para avaliar qual a causa e iniciar o tratamento mais adequado, pois bactérias, vírus e fungos causadores de problemas bucais, como a cárie, a gengivite e a periodontite, podem penetrar no tecido e na corrente sanguínea, estimulando inflamações e infecções em outras partes do organismo. Nesse caso, fique atento aos seguintes sinais:

    • Saburra;
    • Bolhas;
    • Aftas;
    • Mau hálito;
    • Boca seca.

    Tenha sempre consciência de que quando trata-se de saúde, realizar check-ups periódicos para prevenir ou descobrir doenças em estágios iniciais, é a melhor forma de levar uma vida saudável. Assim como na medicina, também na odontologia, prevenir é o melhor remédio.

    Referência:
    http://qualidadeemsaude.com.br

    http://colgate.com.br

    Veja mais em nossa página no facebook »

     

    VEJA AGORA ›

Thuller Odontologia Moderna

A 1ª clínica odontológica do Alto Tietê a utilizar o Check up Digital Preventivo!

(mais…)

Salas e Consultórios

Chegou a hora de visitar o seu amigo dentista! Na Thuller, você tem atendimento odontológico de excelência, humanizado e acolhedor.

Fique por Dentro

Todos os artigos
Como prevenir cáries? 3 dicas para evitar dor de dente, problemas de mastigação e mau hálito

Como prevenir cáries? 3 dicas para evitar dor de dente, problemas de mastigação e mau hálito

setembro 15, 2017
O que é cárie? Cárie é a descalcificação do esmalte dental. Essa descalcificação causa buracos, ou cavidades que podem chegar até o nervo, a polpa do dente. Principais sintomas Dor…
Read More
Lentes de Contato Dentais – Os melhores resultados da odontologia estética

Lentes de Contato Dentais – Os melhores resultados da odontologia estética

setembro 8, 2017
Lentes de contato dentais são próteses de porcelana semelhante às facetas porém, muito mais finas e por esse motivo, não há necessidade de desgaste dental. Atualmente, está entre os tratamentos…
Read More
Qual a idade certa para as crianças fazerem sua primeira visita ao dentista?

Qual a idade certa para as crianças fazerem sua primeira visita ao dentista?

setembro 8, 2017
Com seis meses de vida começam a aparecer os primeiros dentinhos do bebê, é também nesse momento que deve acontecer a primeira visita ao dentista. Mamães e papais assistam ao…
Read More

Evite estágios avançados de doenças bucais, dores e altos custos de tratamento.
Check Up Preventivo Digital

Profissionais

Dr Ricardo Carrascosa
Especialista em Ortodontia, Ortopedia Facial e Radiologia. Professor de Especialização em Ortodontia do Inepo e da ABO Campinas. CRO: 46.116.

Dr Ricardo Carrascosa

Dra Ana Castro
Clínica Geral com atualização em Implantodontia, Atendimentos de Gestantes e Gestão e Administração de Clínicas Odontológicas. CRO: 46.259.

Dra Ana Castro

Rua Thuller, 1139 - Jardim Universo - Mogi das Cruzes / SP